Imagem retirada de http://www.rjnoticias.com/2012/12/valorize-a-vida-nao-a-troque-por-uma-dose-de-bebida-alcoolicase-beber-nao-dirija/

Imagem retirada de http://www.rjnoticias.com/2012/12/valorize-a-vida-nao-a-troque-por-uma-dose-de-bebida-alcoolicase-beber-nao-dirija/

Cada bebida carrega um estilo. Existem momentos certos para escolher o drinque e, a depender da aposta, a decisão pode até tornar o clima melhor. Vinho, por exemplo, é uma bebida da noite e mais sofisticada, ao contrário da cachaça, que lembra bares e reuniões informais de amigos. Para ajudar e não cometer gafes, o barman do Pisco, Ricardo Nascimento, dá algumas dicas.

Vinho: Requintada, ideal para temporada de frio. Deve-se oferecer vinho em jantares de negócio ou românticos. Para almoços de domingo, pode ser misturado a batidas com frutas.

Cerveja: Uma das únicas que pode ser oferecida em qualquer dia e horário, mas sempre será mais indicada para o verão. Sirva em aniversários em geral, casamentos, batizados, chás de bebê e encontro com amigos.

Uísque: Nem todos bebem, então sirva em casamentos, festas noturnas em geral. Não ofereça em almoços e nem em lanches.

Vodka: Segue o mesmo critério do uísque. É uma bebida pesada e deve ser oferecida em festas noturnas. No caso de drinques, podem ser oferecidos durante o dia.

Cachaça: Uma ótima ideia oferecer uma dose antes do almoço para abrir o apetite. Use também para batidas à noite ou caipirinhas durante o dia.